(64) 3603-2720

Notícias

Conselheira tutelar relata mais um caso de abuso sexual em Iporá

16/11/2015 05:32:53 | Em: Diversos

Marta Marçal, conselheira tutelar em Iporá atuou nesta sexta-feira, 13, em mais um caso de abuso sexual na cidade. Segundo ela, estão frequentes estas práticas.

 

Relatamos o fato sem mencionar nomes dos familiares. No caso da criança, para proteger sua imagem. E não se informa os nomes dos familiares para que não haja dedução de quem seja a criança que sofreu os abusos. Nem mesmo de quem cometeu o crime, pelo mesmo motivo.

 

Um homem de 45 anos foi flagrado pelo crime e foi preso nesta sexta-feira. No Bairro Mato Grosso, em duas residências de um mesmo lote, morava casal em uma das casas e na outra, a filha dessa senhora, a qual tem uma criança de 2 anos e 4 meses. O marido começou a tomar atitudes suspeitas. Começou a ser observado pela esposa e pela enteada.

 

Nesta sexta-feira foi flagrado no quarto, segurando a criança e com o dedo, violando suas partes íntimas. A menor relatou nessa hora que vinha sendo abusada pelo elemento. A mãe da criança e a esposa dele imediatamente ligaram para o 190 da Polícia Militar, que fez a ocorrência, conduzindo o homem para a Delegacia de Polícia. Diante da negativa do elemento em assumir o ato, teve que ser agilizado um exame que comprovasse o abuso, mas não tinha médico legista na cidade, nesse dia. Com isso, no Hospital Municipal, foi feito o exame que comprovou o abuso sexual. Após, na Delegacia de Polícia, o delegado plantonista, já na noite da sexta-feira, lavrou o flagrante. Em seguida, o elemento foi conduzido para o presídio. Esposa do infrator e avó da criança, bem como sua mãe, foram implacáveis em denunciar na hora o ato horroroso desse elemento. Cabe agora ao Juiz de Direito definir o prazo para sua pena.

Veja Também: