(64) 3603-2720
OUVIR AGORA
NO AR: Show de Sucessos

Notícias

Junta Governativa com tarefa administrativa por 6 meses

16/11/2015 05:33:50 | Em: Diversos

Com bem organizado evento aconteceu na tarde de hoje, sábado, 14, a Assembleia Geral que elegeu uma junta governativa para administrar o Sindicato Rural por 6 meses. Adailton Leite foi eleito. Ele é da Chapa Produção, faz parte do grupo de oposição que vinha lutando para chegar ao comando da entidade.

 

A vitória dos oposicionistas foi folgada. Dos 248 sindicalizados que compareceram nas eleições realizada na Mansão Verde, 175 votaram em Adailton Leite. César Lima, que era candidato do grupo de situação, teve 73 votos. Foi verificado um voto nulo. Para presidir o pleito veio um representante da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (FAEG), Claudney Rigonatto.

 

Além de Adailton Leite, a Junta Governativa eleita conta com Irom Campos (vice-presidente), Nilton Pereira (tesoureiro) e os conselheiros fiscais Gesler Gonçalves de Moura (Lela), Valter Dias e Divino de Almeida. Assim que apurados os votos, o representante da FAEG declarou os eleitos já empossados. Na segunda-feira, estarão no Sindicato Rural para inícios dos trabalhos à frente da entidade.

 

A fala de Adailton Leite

 

A reportagem do Oeste Goiano falou com Adailton Leite. Ele mostrou satisfeito com o resultado. Disse que o trabalho que se inicia é de resgatar a valorização do produtor rural, principalmente do pequeno. Disse que nessa gestão que terminou o Sindicato Rural perdeu 400 sindicalizados e a tarefa é trazer estes de volta. Ele disse que assim que terminar o evento dos muladeiros, em janeiro, vai anunciar a eleição do Sindicato Rural para o mandato regular de três anos e que, juntamente com os demais da Chapa Produção concorrerá. Adailton e os demais eleitos elogiaram a conduta de César Lima, o oponente que disputou o cargo de presidente. Disseram que ele tem um comportamento muito democrático, correto e mostrou-se um grande ser humano, principalmente, pela tranquilidade com que lida com a disputa nestas ocasiões de eleição. “César será um companheiro nosso”, disse Adailton ao Oeste Goiano.

Veja Também: